quarta-feira, 6 de maio de 2015

Convite: coleta no Conjunto Nacional para o Projeto de Lei de Iniciativa Popular Reforma Política Democrática e Eleições Limpas

Prezad@s, uma ótima notícia e um convite: o MCCE foi autorizado a coletar, no Conjunto Nacional (Avenida Paulista, 2.073 - São Paulo), assinaturas para o Projeto de Lei de Inciativa Popular Reforma Política Democrática e Eleições Limpas. Assim, precisamos de voluntários que possam colaborar nessa tarefa. A coleta acontecerá sempre às segundas, quartas e sextas de maio, das 14h até 19h. No local também podem ser retiradas folhas de assinatura, para coleta em outros locais.

Aqueles que tiverem disponibilidade e interesse em participar, enviem mensagem para caciamaral.mcce@gmail.com. Ajudem a divulgar esta ação!

 Também continuamos com a coleta aos sábados, a partir das 14h, na Praça Benedito Calixto, espaço Plínio Marcos – o Autor na Praça. Venham nos visitar e ajudar na coleta de assinaturas! O momento da reforma política democrática é agora, e sua assinatura vai virar lei!

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Coalizão Pela Reforma Política Democrática - Sua assinatura vai virar lei!

O  MCCE São Paulo e as entidades abaixo relacionadas, reunidas  na Coalizão/SP  pela Reforma Política Democrática, convocam cidadãos e cidadãs para a coleta de apoios ao Projeto de Lei  de  Iniciativa Popular Eleições Limpas  a ser entregue ao Congresso Nacional acompanhado de  um milhão e seiscentas mil assinaturas  de eleitores e eleitoras. 

 
Participe

1. Imprima  a folha anexa,  para  coleta de assinaturas, recolha os apoios, com atenção para preencher  a assinatura do apoiador e o  número do título de eleitor  (neste caso não é preciso o nome da mãe e a data de nascimento)

2. Envie  a folha para o  endereço registrado na mesma.

3. Organize banquinhas de coleta de assinaturas em igrejas, praças, no trabalho, clubes,etc.  

4.  Envie fotos de atividades de coleta e divulgação do projeto para  caciamaral@gmail.com

5. Consulte a cartilha e o projeto no site: www.reformapoliticademocratica.org.br


Conheça a Coalizão/SP

Próxima reunião: 

Data/Horário: 14  de novembro, sexta – feira, das 16h00 às 18h30
 Local: Mitra Arquidiocesana de São Paulo.  
 Endereço: Av. Higienópolis, 890
 Mais Informações:  luciano.santos@uol.com.br

Entidades que compõe a Rede da Coalizão:
  1. CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil)
  2. OAB (Ordem dos Advogados do Brasil)
  3. MCCE (Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral)
  4. Plataforma dos movimentos sociais pela reforma do sistema político
  5. Conic (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil)
  6. Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura)
  7. CTB/DF (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil)
  8. CUT (Central Única dos Trabalhadores)
  9. Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas)
  10. Frente Parlamentar pela Reforma Política com Participação Popular
  11. MST (Movimentos dos Trabalhadores sem Terra)
  12. UBES (União Brasileira dos estudantes secundaristas)
  13. UNE (União Nacional dos Estudantes)
  14. Via Campesina
  15. CNLB (Conselho Nacional do Laicato do Brasil)
  16. Movimento Nacional Contra Corrupção e pela Democracia
  17. Unasus (União Nacional dos Auditores do Sistema Único de Saúde)
  18. IDES (Instituto de Desenvolvimento Sustentável)
  19. Criscor (Cristãos Contra Corrupção)
  20. Abramppe (Associação Brasileira dos Magistrados Procuradores e Promotores Eleitorais)
  21. Confea (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia)
  22. IUMA (Instituto Universal de Marketing em Agribusiness)
  23. ANEC (Associação Nacional de Educação Católica do Brasil)
  24. Aliança Cristã Evangélica Brasileira
  25. CJP/DF (Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Brasília)
  26. POM (Pontifícias Obras Missionárias)
  27. Visão Mundial
  28. Escola de Fé e Política de Campina Grande/PB
  29. CFF (Conselho Federal de Farmácia)
  30. CFESS (Conselho Federal de Serviço Social)
  31. Cáritas Brasileira
  32. MPA Brasil (Movimento dos Pequenos Agricultores)
  33. SINPRO/DF (Sindicato dos Professores no Distrito Federal)
  34. Asbrale/DF (Associação Brasiliense das Empregadas Domésticas)
  35. Igreja Batista em Coqueiral de Recife
  36. Instituto Solidare de Pernambuco
  37. CBJP (Comissão Brasileira de Justiça e Paz)
  38. MMC (Movimento de Mulheres Camponesas)
  39. IBDCAP (Instituto Brasileiro de direito e controle da administração pública)
  40. CSEM (Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios)
  41. CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação)
  42. Inesc (Instituto de Estudos Socioeconômicos)
  43. CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil)
  44. CLAI Brasil (Conselho Latino Americano de Igrejas)
  45. Abracci (Articulação Brasileira Contra a Corrupção e Impunidade)
  46. A Voz do Cidadão (Instituto de Cultura de Cidadania)
  47. Unacon Sindical (Sindicato Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle).
  48. IFC (Instituto de Fiscalização e Controle)
  49. APCF (Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais)
  50. Fisenge (Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros)
  51. UBM (União Brasileira de Mulheres)
  52. MEP (Movimento Evangélico Progressista)
  53. Abrapps (Associação Brasileira de Pesquisadores (as) pela Justiça Social)
  54. Fórum da Cidadania de Santos
  55. EPJ (Evangélicos pela Justiça)
  56. Conamp (Associação Nacional dos Membros do Ministério Público)
  57. Amarribo (Amigos Associados de Ribeirão Bonito)
  58. SAEP-DF (Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar em Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal).
  59. Contee (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino)
  60. Auditoria Cidadã da Dívida
  61. Agenda Pública
  62. Instituto Soma Brasil
  63. UVB (União dos Vereadores do Brasil)
  64. MLT (Movimento de Luta pela Terra)
  65. Rede Brasileira por Cidades Justas Democráticas e Sustentáveis
  66. SENGE-MG (Sindicato de Engenheiros no Estado de Minas Gerais).
  67. Abong (Associação Brasileira de ONGs)
  68. AMB (Articulação de Mulheres Brasileiras)
  69. AMNB (Articulação de Mulheres Negras Brasileiras)
  70. ACB (Associação dos Cartunistas do Brasil)
  71. Campanha Nacional pelo Direito à Educação
  72. CEAAL (Conselho Latino Americano de Educação)
  73. Comitê da Escola de Governo de São Paulo da Campanha em Defesa da República e da Democracia.
  74. Comitê Rio Ficha Limpa
  75. FAOC (Fórum da Amazônia Ocidental)
  76. FAOR (Fórum da Amazônia Oriental)
  77. FBO (Fórum Brasil do Orçamento)
  78. FBSSAN (Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional)
  79. FENDH (Fórum de Entidades Nacionais de Direitos Humanos)
  80. Fórum de Reflexão Política
  81. Fórum Mineiro pela Reforma Política Ampla, Democrática e Participativa
  82. FNPP (Fórum Nacional de Participação Popular)
  83. EPPP (Fórum Paulista de Participação Popular)
  84. FNRU (Fórum Nacional da Reforma Urbana)
  85. IDS (Instituto Democracia e Sustentabilidade)
  86. Intervozes (Coletivo Brasil de Comunicação Social)
  87. LBL (Liga Brasileira de Lésbicas)
  88. MNDH (Movimento Nacional de Direitos Humanos)
  89. Movimento Pró-Reforma Política com Participação Popular
  90. Observatório da Cidadania
  91. PAD (Processo de Diálogo e Articulação de Agências Ecumênicas e Organizações Brasileiras)
  92. Rede Brasil Sobre Instituições Financeiras Multilaterais
  93. REBRIP (Rede Brasileira pela Integração dos Povos)
  94. Rede Nacional Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos.
  95. Movimento Voto Consciente
  96. CFC (Conselho Federal de Contabilidade)
  97. MPD (Movimento do Ministério Público Democrático)
  98. UJS (União da Juventude Socialista)
  99. UNEGRO (União de Negros pela Igualdade)
  100. CONAM (Confederação Nacional das Associações de Moradores
  101. Instituto Brasil Verdade
  102. Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil
  103. EDUCAFRO – Educação para Afrodescendentes e Carentes
Faça parte você também. Convide a sua entidade, organização ou movimento para participar desta Campanha Nacional pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Lançamento da Coalizão Reforma Politica Democrática e Eleições Limpas

O Lançamento da Coalizão Reforma Política Democrática e Eleições Limpas ocorreu no dia 10/10/2014 na Câmara de Vereadores de São Paulo.




Encontro discute a implantação do projeto Reforma Política Democrática e Eleições Limpas em São Paulo

Por Guilherme Calli, em Observatório do Terceiro Setor

O Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral no Estado de São Paulo (MCCE-SP), composto por 103 entidades e movimentos sociais do país, entre elas o Observatório do Terceiro Setor, reuniu-se, na última sexta-feira, dia 17, em São Paulo, para debater a criação da Coordenação Estadual da Coalização Pela Reforma Política Democrática.

“Nesta quinta reunião da Coalizão fizemos a avaliação do evento de lançamento que aconteceu no dia 10, na Câmara Municipal de São Paulo, com muito sucesso. Várias entidades deram apoio significativo para esse processo e a perspectiva é colaborarmos com bastante ênfase na coleta de assinaturas para que, em fevereiro, nós possamos entregar o projeto no Congresso Nacional”, comenta com entusiasmo Carmem Cecília de Souza Amaral, Coordenadora da Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de São Paulo e do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral.

O Manifesto da Sociedade Civil pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas, que deu origem ao movimento, e criada a Coalizão aconteceram em 28 de agosto de 2013, em reunião na CNBB. O movimento Eleições Limpas é uma medida que consiste no recolhimento de assinaturas e mobilização popular a fim de propor um projeto-lei ao Congresso Nacional. 

Seus objetivos principais são: afastar o poder econômico das eleições, propondo assim o financiamento público de campanha para que os candidatos lutem pelos interesses da população e deixem de ser influenciados por grandes grupos econômicos; adotar o sistema eleitoral proporcional em dois turnos, no qual, no primeiro turno, eleitores escolheriam os partidos que apresentassem melhores programas, tendo em vista sua lista de candidatos, e no segundo, o voto seria para o candidato de preferência do eleitor, conforme a lista já elaborada previamente; maior participação popular com uma nova regulamentação dos mecanismos da democracia direta, determinando os assuntos que deverão ser objeto de plebiscito ou de referendo; e uma maior representação feminina no Congresso Nacional, já que as mulheres representam 51,39% do eleitorado, mas só existe 46 deputadas e 8 senadoras.

Para Luiz Souza, coordenador do Movimento Popular da Saúde, a 5º Reunião para a implantação da Reforma Política Democrática e Eleições Limpas em São Paulo decidiu como melhor proceder para a divulgação e sucesso definitivo da proposta. “Hoje entendemos que devemos nos preparar melhor para a coleta de assinatura, fazer com que a Arquidiocese repasse os princípios da Coalizão para os bispos, paróquias e fiéis, explorar os vários meios de comunicação religiosos e capacitar multiplicadores que possam ir a campo em busca de novas assinaturas e com propriedade para explicar sobre o Movimento”, conclui.

http://observatorio3setor.com.br/wp-content/uploads/2014/10/reuniao-coaliz%C3%A3o.jpg

Convite - Coalizão Pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas

O Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral no Estado de São Paulo, MCCE-SP,  e as entidades abaixo relacionadas, vem mui respeitosamente, convidar vossa senhoria  e vossa instituição para reunião de trabalho em prol da criação, no Estado de São Paulo, da Coordenação Estadual da COALIZAÇÃO PELA REFORMA POLÍTICA DEMOCRÁTICA, considerando que  vossa instituição, em nível federal, está inscrita no rol dos parceiros protagonistas desta iniciativa nacional.
Este convite se estende a cidadãos e entidades, que mesmo não participando da Coalizão em nível nacional, reconhecem a importância do Projeto de Lei de Iniciativa Popular pela Reforma Política com Eleições Limpas,  apresentado pela Coalizão,  e que se disponham a viabilizar um amplo movimento a favor deste projeto. 



São parceiros nesta iniciativa as entidades
MCCE Estadual SP
Movimento do Ministério Público Democrático
Instituto Brasil Verdade
Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – Regional Sul 1
Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de SP
Centro Santo Dias de Direitos Humanos da Arquidiocese de São Paulo
Rede Nossa São Paulo
Pastoral Operária Metropolitana
Comissão Pastoral da Terra/SP
Conselho Indigenista Missionário/SP
Instituto Avante Brasil
Movimento Voto Consciente
Comissão de Justiça e Paz/SP
Fundação Mauricio Grabois
Coalizão Mineira pela Reforma Política
Instituto Ethos
Diretório Estadual do PC do B
Observatório do 3º Setor
Amarribo Brasil
Organização Cultural de Defesa da Cidadania
Agenda Pública
Envolverde/ Agenda Brasil Sustentável
CLAI/Brasil
Xô Nuclear
Caritas Brasileira Regional SP
Alternativa PSOL
Pastoral Fé e Política /Região Episcopal Brasilândia
Rede de Escolas de Cidadania
Congregação Irmãzinhas da Assunção
Grupo Tortura Nunca Mais/SP
FST/SP
União dos Movimentos Populares

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Programa Bom para Todos - Voto Consciente (TVT)

A Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de São Paulo disponibiliza mais um subsidio interessante para ajudar a todas(os) pensarem melhor o seu voto e a sua maneira de ser e agir consciente no processo eleitoral.  
 
Trata-se do Programa Bom para Todos - Voto Consciente (TVT) que foi ao ar na segunda-feira 22/09 às 19h30 pela TVT. Os vídeos estão divididos em três blocos de aproximadamente oito minutos de exibição, bem trabalhados, com uma linguagem simples e exemplos de participação popular bastante interessantes.  

Caci Amaral, coordenadora da Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de São Paulo participa do video apresentando com clareza a Lei da Ficha Limpa.

Reserve um tempinho e veja-os! Você vai gostar!

 
 
Fonte: Mailing da Pastoral Fé e Política - Arquidiocese SP

Blog Direito Eleitoral Comparado

Veja no blog "Direito Eleitorarl Comparado" o texto de apresentação da campanha Máximo 2 Mandatos, a apresentação do mais recente livro sobre a campanha Ficha Limpa e outras notícias.
O blog, que surgiu do livro "Direito Eleitoral Comparado - Brasil, Estados Unidos, França", de Olivia Raposo da Silva Telles, publicado em 2008 pela Editora Saraiva; visa também acompanhar, comentar e discutir a evolução desse ramo do direito nos três países.

Não deixe de seguir!

Abaixo assinado pressionando o Ministro Gilmar Mendes (STF)

A plataforma Change.org está organizando um abaixo assinado para pressionar o Ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, para que conclua o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade nº4.056 que proibirá doações de empresas à candidatos.

Leia na íntegra o manifesto e assine o abaixo assinado aqui.

Cenário Eleições 2014

Com apoio do MCCE Estadual SP, responsáveis pelos propostas econômicas dos favoritos à presidência estarão com empresários do PNBE, segunda, 29, 10 horas



https://col126.afx.ms/att/GetInline.aspx?messageid=40ade87e-48fb-11e4-b614-00237de41626&attindex=0&cp=-1&attdepth=0&imgsrc=cid%3aimage001.gif%4001CFDCEE.DF1D4BC0&cid=ce082096cd45b73a&blob=MHxpbWFnZTAwMS5naWZ8aW1hZ2UvZ2lm&hm__login=maricsa13&hm__domain=hotmail.com&ip=10.112.100.8&d=d1355&mf=0&hm__ts=Mon%2c%2020%20Oct%202014%2013%3a23%3a14%20GMT&st=maricsa13&hm__ha=01_5fee7064a405aa3caf948d1640936ea106a92a2c025ee2346938ec60ede1486e&oneredir=1  https://col126.afx.ms/att/GetInline.aspx?messageid=40ade87e-48fb-11e4-b614-00237de41626&attindex=1&cp=-1&attdepth=1&imgsrc=cid%3aimage002.gif%4001CFDCEE.DF1D4BC0&cid=ce082096cd45b73a&blob=MXxpbWFnZTAwMi5naWZ8aW1hZ2UvZ2lm&hm__login=maricsa13&hm__domain=hotmail.com&ip=10.112.100.8&d=d1355&mf=0&hm__ts=Mon%2c%2020%20Oct%202014%2013%3a23%3a53%20GMT&st=maricsa13&hm__ha=01_f5defad0d34200fd098f4a5b1e55345d3746cb86b0b59f45812c214a5d270dce&oneredir=1






Em evento apoiado pelo MCCE – Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral Estadual São Paulo, o PNBE – Pensamento Nacional das Bases Empresariais reunirá Mauricio Rands, pelo PSB, Wilson Brumer, pelo PSDB e um a ser indicado pelo Partido dos Trabalhadores para apresentação das propostas e análises da área econômica dos programas de governo dos candidatos indicados como favoritos pelas pesquisas eleitorais. O encontro integra o Ciclo de Palestras Cenário Eleições 2014 e acontecerá segunda-feira, 29 de setembro, das 10h00 às 12h00, no Novotel Jaraguá, R. Martins Fontes,71 – Centro– São Paulo-SP. Interessados em participar do evento devem entrar em contato 11 3284-8687 ou por formulário online aqui.

“Debateremos com os responsáveis  pela área econômica  dos presidenciáveis como ficará a situação econômica do país com a vitória de cada um dos candidatos ”, diz Mario Ernesto Humberg, 1º Coordenador Geral do PNBE. Para ele falta ao debate dos programas entrar em problemas reais do país para as empresas como, por exemplo, os malefícios da legislação trabalhista e da Justiça do Trabalho, incompatíveis com o mundo atual. Ele destaca que o tema é abordado na análise do Fórum Mundial como o “maior destaque negativo do Brasil”. “Conclui-se – enfatiza - que uma das principais tarefas do empresariado é fazer com que os economistas que acabam dirigindo as principais linhas políticas  de seus governos, coloquem no foco a questão trabalhista, a burocracia, a lentidão da justiça, a prepotência do Estado e outros aspectos que infernizam as empresas e impedem o crescimento do país na ordem do dia”.
Para o PNBE, de notável e positivo está o fato de que todos ressaltam entre as principais medidas a serem tomadas a necessidade da reforma tributária. “O empresariado e a sociedade em geral cobram, logo no início do próximo governo, tanto dos que forem eleitos no nível federal, como nos estados, providências no sentido de se obter uma reforma tributária que simplifique e racionalize a estrutura do atual caos tributário para permitir ao país retomar o desenvolvimento acelerado”. Humberg destaca que o PNBE, além das ações na área econômica, defende uma efetiva discussão da Reforma Política para eliminar os sérios problemas de financiamento pelo Caixa 2, que no entender do seu coordenador geral responde por mais de 60% dos gastos de campanha.

O Pensamento Nacional das Bases Empresariais – PNBE, fundado em 1987, é a única entidade empresarial não corporativa, que tem como objetivo unir forças na luta por um país melhor, posição que lhe permite lutar por causas como: fortalecimento da cidadania, ética na política, sustentabilidade ambiental, combate ao desperdício e mau uso de recursos no setor público, justiça social, respeito à livre iniciativa e ao empreendedorismo e outras. A entidade atua também por meio de representações junto ao parlamento, redes e fórum empresariais cujos detalhes podem ser conhecidos aqui.

Já estiveram no PNBE como parte do programa Cenários Eleições 2014 o pastor Everaldo Pereira, candidato ao cargo de Presidente da República pelo PSC (Partido Social Cristão), o porta-voz da campanha de Marina Silva, Walter Feldman, e o governador da Bahia, Jacques Wagner falando pelo PT.

O Ciclo Cenário Eleições 2014 tem a co-realização da Cebrasse – Central Brasileira do Setor de Serviços e apoio institucional da ABERC (Associação Brasileira das Empresas de Refeições Coletivas), ABRASELSP (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de SP), Amarribo Brasil, ANEFAC, IBEGI (Instituto Brasileiro de Estudos e Gestão da Inadimplência), Instituto Brasil Verdade, FCDLESP – Federação das Câmaras dos Diretores Lojistas do Estado de São Paulo, Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral SP, MPD (Ministério Público Democrático), Prime Soluções Integradas, Movimento Voto Consciente




quarta-feira, 6 de novembro de 2013

São Jose do Mipibu-RN-Por Eleições Limpas, mobilizando o Brasil‏.

Voluntários da ONG STVBrasil - Sociedade Terra Viva em São José de Mipibu, RN, coletam assinaturas para o projeto de lei de Iniciativa Popular Eleições Limpas.


sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Debate e coleta de assinaturas para Eleições Limpas no Guaruja dia 05/09

Participantes Bispo Jaci Francisco, Prof. Celio Nori e Luciano Santos MCCE.
Lauro Andrade – Instituo Brasil Verdade
Severino Maciel – Grupo Cidadania Guaruja.









Coleta de Assinaturas - Evento Rede Nossa São Paulo

Dando continuidade à divulgação e  coleta de assinaturas para o Projeto
Eleições Limpas e com o apoio da Rede Nossa São Paulo, o MCCE Estadual SP
organizou uma mesa  de coleta de  apoios dia 16 de setembro p.p.,
durante  evento realizado no Sesc Consolação e que marcou o início da Semana
da Mobilidade na capital paulista.

Veja fotos:




Projeto da Minirreforma eleitoral analisada e criticada no programa Sala de Debate

Parte 01 - http://www.youtube.com/watch?v=1VYVpmPZv7E
Parte 02 - http://www.youtube.com/watch?v=5gwGLnLnKTk

Assembléia Regional 28/09/2013

Caci, da pastoral Fé e Política e Marcel, com outras integrantes da PJ, lançam convite para início da coleta de assinaturas  em apoio à Campanha Eleições Limpas, na Região Episcopal Lapa, da Arquidiocese de São Paulo. 

Veja fotos: 


 

Debate e coleta de assinaturas na Educafro dia 15/09

Neste domingo, dia 15/09, o MCCE Estadual São Paulo participou na Educafro de um debate sobre a Reforma Política. A principal pauta foi a inclusão das minorias sociais (negros, mulheres, índios, etc) no processo eleitoral.
O debate foi interessante e os segmentos colocaram suas opiniões a respeito da questão. 
O representante do MCCE, durante a sua fala, reiterou a importância desses grupos se manifestarem, por exemplo, coletando assinaturas e levando para o Congresso a reivindicação de uma verdadeira reforma política, que atenda aos anseios da sociedade.
Ao final, Frei Davide lançou um desafio aos presentes: que levassem os formulários e coletassem assinaturas nas universidades e em suas comunidades até o dia 30/09.
Enquanto o debate acontecia todos assinavam os formulários que foram distribuídos no inicio. Ao todo, foram coletadas 300 assinaturas. 

Veja fotos: 


Convite M2M Coleta de Assinaturas 22/08


Encontro da Escola de Cidadania

No dia 09/09 o MCCE Estadual SP participou de evento da Escola de Cidadania do Embu das Artes onde Luciano Santos proferiu palestra sobre a Reforma Politica e o Projeto Eleições Limpas com um debate com os participantes e coleta de assinaturas ao final.
Veja fotos: